banner01

Cuidados com a pele: como prevenir o envelhecimento precoce

O envelhecimento é um processo natural, mas uma série de fatores ambientais podem acelerá-lo. É o chamado envelhecimento precoce que pode afetar sua aparência, saúde e autoestima. 

A principal diferença entre o envelhecimento normal e o envelhecimento precoce é a linha do tempo. Para a maioria das pessoas, linhas finas e rugas começam a aparecer por volta dos 30 anos, mas isso pode ocorrer ainda mais cedo para pessoas com envelhecimento precoce.

Em outras palavras, o envelhecimento precoce é quando os sinais de envelhecimento ocorrem mais cedo do que o normal. Por exemplo: uma pessoa de 30 anos que já apresenta sinais na pele como perda de colágeno, rugas e manchas, características percebidas normalmente em peles de pessoas com mais de 50 anos. 

Alguns sinais do envelhecimento precoce são:

  • Linhas finas e rugas
  • Cabelos grisalhos
  • Manchas solares
  • Pele seca ou amarelada
  • Flacidez na pele
  • Bochechas e têmporas mais afundadas
  • Perda de cabelo
  • Hiperpigmentação ao redor do peito

O envelhecimento, em última análise, é resultado do encurtamento dos nossos telômeros, as “tampas” que protegem nosso DNA. À medida que envelhecemos, os telômeros ficam cada vez mais curtos, eventualmente deixando nosso DNA exposto a danos, como poluição e raios ultravioletas levando ao surgimento de sinais de envelhecimento ( Shanbhag, 2019 ). 

Causas do envelhecimento precoce

Assim como acontece com muitas condições biológicas, a genética desempenha um papel importante na rapidez com que envelhecemos. Porém, certos fatores relacionados ao estilo de vida podem acelerar a taxa de encurtamento dos telômeros, portanto, a taxa em que envelhecemos ou desenvolvemos sinais visíveis de envelhecimento. 

Pesquisas descobriram que o comprimento dos telômeros está associado não apenas à genética e ao nosso ambiente, mas também ao nosso status social e econômico, peso corporal e hábitos de exercício e tabagismo.

Quando se trata da nossa pele, a exposição ao sol é o fator externo mais significativo no envelhecimento. Estima-se que aproximadamente 80% do envelhecimento da pele facial é devido aos danos causados pelos raios ultravioleta (UV) do sol. 

Além disso, o hábito de fumar também tem sido associado ao envelhecimento acelerado da pele. Pesquisas encontraram uma conexão entre o tabagismo e a perda de cabelo e danos às fibras de colágeno e elastina da pele, levando a sinais de envelhecimento prematuro ( Trüeb, 2015 ). O colágeno e a elastina são responsáveis por “sustentar” a nossa pele e a perda ou falta deles deixa a pele mais flácida e menos elástica.

Embora esses sejam os maiores culpados, outros fatores como estilo de vida, dieta, exercícios físicos, consumo de álcool e estresse podem contribuir para o envelhecimento da pele. (Shanbhag, 2019).

Prevenção ao envelhecimento precoce

Agora que você já sabe as principais causas do envelhecimento precoce, viemos te trazer uma boa notícia: é possível preveni-lo com atitudes relativamente simples e mudanças de estilo de vida.

Essa prevenção deve ser feita por toda a vida e quanto mais cedo você começar a adotar hábitos saudáveis, melhor. Confira a seguir como prevenir o problema.

Protetor solar

Os protetores solares são os maiores aliados contra o envelhecimento precoce da pele, pois formam uma barreira química e física que impede que os raios ultravioletas emitidos pelo sol causem danos nas células da nossa pele. Muitas vezes, lembramos de passar protetor solar apenas quando estamos super expostos na praia ou na piscina, mas o seu uso deve ser diário

Use protetor solar com, no mínimo, FPS 30 (fator de proteção solar) diariamente, independente se você vai se expor ao ar livre ou do tempo. Além disso, escolha um protetor que se adeque à sua pele e ao seu estilo de vida e aplique todos os dias após acordar e lavar a pele.

Você pode estar pensando: estou de home office, mesmo assim preciso usar protetor? Precisa, sim, pois raios UVA do sol conseguem atravessar os vidros da janela e, muitas vezes, trabalhamos perto da janela ou saímos para tirar o lixo, por exemplo, e nos expomos ao sol sem perceber.

Pode parecer exagero, mas quando falamos da relação entre raios ultravioletas e sol, os danos são cumulativos, ou seja, de pouco em pouco, sem você perceber os dados vão se acumulando e causando o envelhecimento. 

Obviamente, é importante lembrar que, se você está trabalhando de casa ou sem se expor tanto ao sol, como na praia ou em uma piscina, você não precisa passar um protetor FPS 70 ou com uma textura super densa.

Um protetor com Fator de Proteção Solar 30, com textura mais levinha, já é suficiente. Uma dica dos dermatologistas é escolher um produto que, além de ter proteção solar, também hidrate ou tenha algum benefício extra, como Vitamina C na composição. Assim, você poupa tempo, recursos, tem mais benefícios diários e se sente mais motivada(o) a não esquecer de passar o produto.

Neste artigo do blog explicamos com mais detalhes todos os benefícios dos protetores solares e como escolher o melhor produto para a sua pele.

Os médicos costumam dizer que se as pessoas tivessem mais consciência de como o uso protetor solar diariamente previne o envelhecimento precoce, não dispensariam esse item.

Mudanças no estilo de vida

Um outro ponto fundamental para prevenir o envelhecimento precoce é fazer algumas mudanças de estilo de vida. Aliás, é importante dizer que essas mudanças servem para todas as pessoas e ajudam a prevenir muitas outras doenças e problemas, além do envelhecimento precoce.

  • Fazer exercícios físicos: atividades físicas são um dos principais aliados para quem quer viver mais e prevenir o envelhecimento precoce.

Pode ser uma caminhada, musculação ou hidroginástica. O importante é colocar na sua rotina uma atividade que movimente o seu corpo e te dê prazer.

  • Tomar cuidado com o estresse: tenha atividades de relaxamento e controle o estresse no seu dia a dia, pois estar estressada(o) constantemente prejudica a nossa saúde física, mental e causa envelhecimento precoce.

Você pode inserir no seu dia a dia hábitos que ajudam a controlar o estresse, como atividades físicas, meditação, leitura, psicoterapia, momentos de lazer e pausas para relaxamento.

Leia o nosso artigo sobre Estresse

  • Ter uma dieta saudável: para ter uma dieta verdadeiramente saudável dê preferência sempre à alimentos in natura, como frutas, verduras, legumes e grãos, evite os alimentos ultraprocessados, beba bastante água e coma doces, gorduras e açúcares com moderação.

A nossa pele e corpo refletem como nos nutrimos e as opções de alimentos que colocamos no prato. Portanto, é impossível pensar em maneiras de evitar o envelhecimento precoce sem pensar em uma alimentação saudável.

  • Não fumar: como dissemos acima, o cigarro é um fator que contribui muito para o envelhecimento precoce, não apenas da pele mas de todo o organismo.

Fumar faz muito mal para a saúde e se você quer viver mais e melhor deve abandonar o hábito. Clique aqui e entenda melhor como abandonar o tabagismo.

Siga essas dicas e tenha certeza que você evitará os efeitos do envelhecimento precoce e viverá com mais saúde e bem-estar.

Caso precise de ajuda para viver melhor, conte com os profissionais da Amparo Saúde. Temos um time multidisciplinar de especialistas prontos para te atender com foco na prevenção de doenças. Independente da sua idade, gênero ou histórico de saúde nós podemos te ajudar a viver mais e melhor.