banner01

Quem tem endometriose pode engravidar? Respondemos essa e outras dúvidas

A endometriose é uma doença crônica no qual o endométrio, tecido semelhante ao revestimento do útero, cresce fora da cavidade uterina e pode atingir outros órgãos como bexiga, trompas e intestinos Segundo estimativas a doença atinge entre 10% e 15% das mulheres e causa muito incômodo e perda de qualidade de vida, quando grave. 

Essa doença não tem cura. Sendo assim, os tratamentos disponíveis têm como objetivo amenizar os sintomas, diminuir as lesões e aumentar as chances da mulher engravidar.

Quais os sintomas da endometriose

Os sintomas da endometriose variam de leves a moderados e graves e algumas mulheres não apresentam nenhum sintoma. 

Além disso, é importante lembrar que a gravidade da dor não indica o grau ou estágio da condição. Ou seja, você pode ter uma forma leve da doença, mas sentir uma dor agonizante ou ainda ter uma forma grave e ter muito pouco desconforto.

A dor pélvica é o sintoma mais comum da endometriose, mas outros sintomas também podem surgir. São eles:

  • períodos dolorosos
  • cólicas 1 ou 2 semanas em torno da menstruação
  • sangramento menstrual intenso ou sangramento entre os períodos
  • infertilidade
  • dor durante a relação sexual
  • desconforto com movimentos intestinais
  • dor lombar que pode ocorrer a qualquer momento durante o ciclo menstrual

É importante que você faça exames ginecológicos regulares e mantenha uma relação de proximidade e confiança com o seu médico de família. 

Diagnóstico

Como os sintomas da endometriose podem ser semelhantes aos sintomas de outras condições, como cistos ovarianos e doença inflamatória pélvica é fundamental a avaliação de um profissional que realizará um ou mais dos seguintes testes: 

  • Histórico detalhado: informações detalhadas sobre o seu histórico pessoal ou familiar podem ajudar no diagnóstico da endometriose.
  • Exame físico: durante o exame pélvico, o médico usará um espéculo e luz para ver o interior da vagina e do colo do útero. Ele também sentirá manualmente seu abdômen em busca de cistos ou cicatrizes atrás do útero.
  • Ultrassom: o médico também pode usar um ultrassom transvaginal ou um ultrassom abdominal para identificar a doença. 

Ambos os tipos de ultrassom fornecem imagens de seus órgãos reprodutivos. Eles podem ajudar seu médico a identificar cistos associados à endometriose;

  • Laparoscopia: com esse pequeno procedimento cirúrgico, é possível visualizar a endometriose e identificá-la.

Quem tem endometriose pode engravidar?

Segundo a Febrasgo (Federação Brasileira das Associações  de Ginecologia e Obstetrícia), problemas de fertilidade são uma das complicações mais sérias e temidas da endometriose. No geral, mulheres com endometriose podem engravidar, apesar de as chances serem consideravelmente menores quando comparadas a alguém sem a doença.

Cada caso é um caso e só o ginecologista poderá determinar qual a severidade da endometriose e as chances da mulher engravidar. Além disso, a paciente também pode considerar tratamentos de fertilidade ou fertilização in vitro que aumentarão as chances de uma gravidez.

Você procura atendimento de saúde apenas quando está doente?

Saiba que esse não é o melhor jeito de manter a sua saúde em dia. Para ter mais qualidade de vida e saúde a longo prazo, o ideal é manter uma relação de confiança, transparência e proximidade com uma médica(o) de família ou profissional de saúde de sua confiança. 

Na Amparo Saúde, nossos times de saúde formados por médicas(os) de família, enfermeiras(os) e auxiliares de enfermagem enxergam os pacientes como um todo para criar programas de saúde personalizados de acordo com a necessidade de cada um deles. Assim, garantimos mais saúde e bem-estar por toda a vida. 

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail