banner01

Colocar DIU dói? Confira os mitos e verdades sobre esse método contraceptivo

O DIU (Dispositivo Intra-Uterino) é um dos métodos contraceptivos mais eficazes que existem hoje, com cerca de 99% de segurança em sua utilização. Ele é introduzido no útero, preferencialmente nos 12 primeiros dias do ciclo, e previne a gravidez indesejada, além de colaborar com a diminuição do fluxo menstrual.

O dispositivo pode permanecer alocado no corpo da mulher entre 5 a 10 anos e deve ser retirado na menopausa, após a última menstruação.

São três os tipos principais de DIU existentes no mercado: Cobre, Prata e Mirena. Todos são feitos de plástico, porém, os dois primeiros têm um revestimento de cobre e de prata e cobre, respectivamente.

Já o Mirena se difere na forma de atuação no organismo, pois é o único deles que faz a liberação de hormônios (o levonorgestrel) no útero conforme a utilização. Segundo a Universidade de Harvard há ainda um benefício extra dos DIUs hormonais: previvem o câncer endometrial.

Veja, abaixo, os mitos e verdades sobre o uso do DIU. E não esqueça de consultar seu médico regularmente, pois somente ele pode fazer uma avaliação completa do seu quadro clínico e recomendar a melhor forma de tratamento ou anticoncepção.

Na Amparo Saúde, os médicos acompanham os pacientes e resolvem, em média, 90% dos casos sem necessidade de encaminhamento para outro especialista.

E o atendimento integral da mulher, observando os fatores de risco, a prevenção de doenças e a promoção do bem-estar e da qualidade de vida, são premissas do Médico de Família. 

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

  • Já faço uso do DIU, então não preciso me preocupar com o uso de preservativos.

MITO. O DIU tem alta eficácia na prevenção da gravidez indesejada, mas não inibe as doenças e infecções sexualmente transmissíveis. Os preservativos devem ser utilizados sempre.

  • O DIU é mais eficaz que as pílulas anticoncepcionais.

VERDADE. O índice de falha do DIU é muito menor que o das pílulas anticoncepcionais justamente porque a eficácia das pílulas está condicionada a sua ingestão diária, no mesmo horário, sem esquecimento. Já o dispositivo já está alocado no corpo da mulher, então ela não precisa se preocupar com essa rotina.

  • Só pode colocar DIU depois de ter filhos.

MITO. O DIU pode ser utilizado da adolescência até a menopausa, basta ter uma cavidade uterina que comporte o dispositivo.

  • Colocar DIU dói.

VERDADE. Ao colocar o DIU a mulher pode sentir um leve desconforto, semelhante à cólica. A sensação passa logo, assim que o dispositivo se acomoda em seu lugar. 

De acordo com a Universidade de São Paulo (USP) alguns anestésicos estão sendo testados e se mostraram eficazes para diminuição da dor durante a inserção de DIU em mulheres que nunca engravidaram.

Ainda segundo a USP, o medo da dor é um dos fatores que fazem com que muitas mulheres tenham medo de dispositivos ultra uterinos.

  • DIU de cobre causa infertilidade.

MITO. O DIU não interfere na fertilidade da mulher, apenas atua enquanto estiver inserido no útero. Após sua remoção, o organismo segue funcionando normalmente.

  • DIU Mirena engorda.

DEPENDE. Assim como acontece com a ingestão das pílulas anticoncepcionais à base de progesterona, a utilização do DIU Mirena pode aumentar a retenção de líquidos, o que consequentemente causa o aumento de peso.

  • Depois de colocar o DIU não se pode mais fazer uso de absorvente interno.

MITO. Apesar da indicação ser a utilização de absorventes externos, pode usar absorvente interno, sim. Mas sempre mantendo o cuidado de, ao removê-lo, não puxar o fio do DIU, para não tirá-lo do lugar.

  • É necessário fazer manutenção após a colocação do DIU.

VERDADE. O DIU pode se deslocar ou ser rejeitado pelo corpo em algum momento. Recomenda-se o acompanhamento médico constante e a realização de exames para certificar a acomodação correta do dispositivo.

Mantenha sempre o contato com seu profissional de saúde!

Pensando em proteger a sua saúde física, mental e social, na Amparo Saúde temos uma equipe de médicas(os), enfermeiras(os) e técnicas(os) de enfermagem pronta para te atender presencialmente ou por telemedicina. Nosso foco é a prevenção, acompanhamento e tratamento de doenças para que você viva mais e melhor!

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

Fontes

https://www.tuasaude.com/diu-dispositivo-intra-uterino/

https://saude.abril.com.br/medicina/tudo-sobre-o-diu/

https://summitsaude.estadao.com.br/saude-humanizada/qual-e-o-melhor-tipo-de-diu/