banner01

Diabetes Mellitus: existe uma dieta ideal para quem sofre da doença?

O diabetes é uma doença crônica que atinge 13 milhões de pessoas no Brasil, aproximadamente 7% da população, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes e pode causar muitos prejuízos à qualidade de vida do portador.

Assim como outras doenças crônicas, o controle do diabetes deve ser feito com a ajuda de profissionais de diversas especialidades, como médicos e nutricionistas, e envolve um conjunto de ações e mudanças no estilo de vida.

Dentre mudanças, ter uma alimentação equilibrada é fundamental para que o açúcar no sangue esteja sob controle e complicações da doença, como problemas de visão, doenças renais e amputações, sejam evitadas. Mais do que uma alimentação equilibrada, é necessário ter informação confiável sobre o que está colocando no prato e consumindo.

Pensando em te ajudar nesta tarefa e para que você tenha uma alimentação que seja aliada no controle da doença, preparamos esse artigo com dicas das nutricionistas da Amparo Saúde. Confira!

Para saber tudo sobre o Diabetes mellitus, não deixe de ler o artigo do Blog da Amparo Saúde sobre a doença. Clique aqui.

Alimentos para inserir na sua dieta

A alimentação para diabéticos não precisa ser chata ou restritiva. Já explicamos nesse artigo (link) a importância da alimentação ser prazerosa e como isso é fundamental para a nossa saúde emocional e para estreitar laços afetivos.

Dito isso,  caso você tenha diabetes, certifique-se de escolher uma dieta rica e variada, de modo que o seu organismo seja nutrido das fibras, vitaminas e minerais que precisa. Essa orientação, aliás, vale para todas as pessoas, independentemente de terem diabetes ou não. Esse é o segredo para ter uma alimentação verdadeiramente saudável!

O diabetes pode causar danos ao coração, tornando-o mais suscetível às doenças, como infarto. Portanto, inclua alimentos que protejam a saúde do órgão, como aqueles ricos em gorduras boas, ácidos graxos mono e poliinsaturados. Isso também ajudará a reduzir seus níveis de colesterol fortalecendo ainda mais o seu coração.

Abrindo um parênteses: para proteger o seu coração é preciso uma mudança ampla de estilo de vida com atividades físicas regulares, controle do colesterol, redução do estresse, não tabagismo e outras mudanças importantes. Fale com o seu médico como proteger a sua saúde cardiovascular.

Da mesma forma, comer alimentos ricos em fibras pode melhorar o controle do açúcar no sangue, evitando picos de glicemia, além de te ajudar a se sentir saciada(o) por mais tempo, o que evita que você coma mais do que precisa.

Além disso, sua dieta também deve ser sustentável e fácil de seguir, tendo em vista que, dietas excessivamente restritivas tendem a não ser sustentáveis a longo prazo e causam desmotivação e frustração.

A seguir, estão alguns exemplos de alimentos nutritivos que sua dieta deve incluir:

  • Frutas: maçã, laranja, melão, pêra e pêssego. Prefira sempre comer a fruta em vez dela em formato de suco, pois, assim, você irá ingerir mais fibras.
  • Vegetais: como brócolis, couve-flor, espinafre, pepino e abobrinha
  • Grãos integrais: quinoa, cuscuz, aveia e arroz integral
  • Leguminosas: feijão, lentilha, ervilha, soja e grão de bico
  • Sementes oleaginosas: amêndoas, nozes, pistache, macadâmia e castanha de caju
  • Proteínas: aves sem pele, peixes, cortes magros de carne vermelha e tofu
  • Gorduras saudáveis ​​para o coração: azeite, abacate, óleo de canola e óleo de girassol

    Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

Alimentos para consumir com moderação

Caso você tenha diabetes, é preciso limitar o consumo de alimentos ricos em gordura saturada, gordura trans e açúcar refinado, pois isso ajuda a controlar o diabetes gerenciando os níveis de açúcar. Além disso, não consumir esses alimentos previne complicações de saúde relacionadas ao diabetes, 

A alimentação do diabético deve ser pensada de modo que picos de glicemia (quantidade alta de açúcar no sangue, algo perigoso para diabéticos) sejam evitados e para isso existem algumas estratégias.

Recomenda-se que alimentos com alto índice glicêmico - medida da velocidade com que com que o carboidrato presente em um alimento alcança a corrente sanguínea e altera a glicemia - devem ser ingeridos com moderação ou evitados. Por isso, esteja atenta(o) ao consumo de carboidratos simples, como arroz branco, pão e massas, pois esses alimentos têm digestão rápida e causam picos de glicemia no sangue.

Além disso, é importante dizer que a composição do prato também deve ser observada sempre visando o equilíbrio entre carboidratos, proteínas, gorduras e boa quantidade de fibras. Essas fibras farão com que a absorção dos carboidratos seja mais lenta.

Para finalizar, os horários das refeições e o que se come em cada horário também devem ser observados. Por exemplo, se você estiver muito tempo sem se alimentar e comer direto um prato de arroz ou um único brigadeiro, isso pode causar um pico de glicemia, pois seu corpo está precisando muito de energia e vai digerir esses alimentos muito rápido.

Para te ajudar, listamos a seguir alguns alimentos que você deve limitar, caso tenha diabetes:

  • Carnes com alto teor de gordura: cortes gordurosos de porco, vaca e cordeiro e pele de frango
  • Laticínios integrais: leite integral, manteiga, queijo e creme de leite
  • Doces: doces, biscoitos, assados, sorvetes e outras sobremesas
  • Bebidas adoçadas com açúcar: sucos, refrigerantes, chás doces e bebidas esportivas
  • Açúcares: açúcar refinado, açúcar mascavo, mel e melaço.
  • Alimentos ultra processados: salgadinhos, pipoca de microondas, carne processada, nuggets, lasanha congelada e macarrão instantâneo. 
  • Gorduras trans: gordura vegetal, alimentos fritos e alguns alimentos ultraprocessados. A gordura trans deve ser evitada mesmo se você não tem diabetes, pois não gera nenhum benefício para a saúde e causa diversos prejuízos à nossa saúde.
    Caso não saiba quais alimentos têm essa gordura em sua composição, leia os rótulos dos produtos antes de comprar. É obrigatório por lei que todos os produtos informem a presença ou não da gordura trans.

Quando pensamos em diabetes, esses alimentos devem ser "cortados" da dieta?

Veja o que dia a nutricionista da Amparo Saúde Amanda Giovannetti:

“ Nem mesmo para as pessoas que convivem com o diabetes é recomendada a exclusão total desses alimentos, inclusive do açúcar. Reduzir ou limitar o consumo é mais efetivo para a promoção de hábitos alimentares saudáveis do que a exclusão total de alimentos ou grupos de alimentos. Principalmente quando pensamos a longo prazo, o que é fundamental no tratamento de uma doença crônica como o diabetes.

E você pode contar com a orientação de um nutricionista para entender qual o limite e frequência adequados na sua alimentação e em conjunto com o restante do seu tratamento.”

5 dicas de alimentação para a pessoa com diabetes

Alimentação para diabéticos definitivamente não precisa ser sem graça e sem prazer.

Então, confira outras dicas imperdíveis de alimentação equipe de nutrição da Amparo Saúde para controlar o seu diabetes e ter mais saúde e qualidade de vida sem perder o prazer de comer.

 

Nutricionistas são apenas para emagrecer?

Precisamos mudar isso! Nutricionistas podem te ajudar a ter uma alimentação mais saudável, nutritiva e equilibrada, independente do seu objetivo. Na Amparo Saúde, temos uma equipe de nutricionistas que, com a ajuda de médicos, enfermeiros e psicólogos, te acolherão e cuidarão de você para proteger a sua saúde a longo prazo. Para nós saúde e alimentação são coisas sérias!

Fale com a gente!

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

Não vá embora!  Confira os artigos que separamos especialmente para você.

 Depressão tem tratamento. Saiba mais sobre essa doença. 

 Infarto: entenda os sinais que seu corpo dá antes de um ataque cardíaco. Clique aqui.

 Teste de gravidez caseiro funciona? Confira essa e outras dúvidas. Clique aqui.

 AIDS/HIV: O que é PrEP e porque ela salva milhares de vidas. Clique aqui.