banner01

O que a ansiedade causa no corpo

Mulher preocupada com as suas mãos na cabeça

Hoje em dia, o mundo vive ansioso! Estamos o tempo todo muito ocupados, com muita informação e acontecimentos para assimilar. Isso faz com que nosso cérebro fique em um estado de excitação constante, podendo desencadear os chamados transtornos de ansiedade. 

Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), o Brasil é o país mais ansioso do mundo com 9,3% da população sendo considerada ansiosa. (Brasil é o país mais ansioso do mundo

É sobre esse tema o artigo do Blog da Amparo Saúde de hoje.

O que é ansiedade?

A ansiedade normal todos nós já tivemos e é considerada positiva. Todas as pessoas, provavelmente, conhecem bem a sensação de estar ansioso. Algumas manifestações físicas que a ansiedade causa no corpo são:

  • Taquicardia: coração batendo em um ritmo mais acelerado que o normal
  • Tremores
  • Suores: o famoso “suar frio”
  • Inquietação
  • Sensação de perigo iminente
  • Hiperventilação: respirar rapidamente
  • Dificuldade em se concentrar: É difícil pensar em outra coisa que não seja o evento ou causa da ansiedade

Outros sintomas comuns da ansiedade normal:

  • Problemas gastrointestinais: Dor de barriga, enjoo, diarreia ou prisão de ventre.
  • Dificuldade para dormir
  • Sensação de cansaço
  • Aumento da vontade de urinar
  • Perda ou aumento do apetite: Em algumas pessoas ansiedade provoca diminuição da fome. Em outras pessoas, provoca aumento do apetite.

A ansiedade é considerada normal quando tem uma causa aparente, dura pouco tempo e não exige um esforço intenso para que você seja capaz de controlá-la e superá-la. 

Leia também: Consulta por Telemedicina é mais "fria"? Confira mitos e verdades sobre essa nova modalidade de saúde. 

Precisamos tomar cuidado para não patologizar, em outras palavras, transformar em doença emoções e sentimentos que são comuns e esperados a todas as pessoas.

Ansiedade faz parte da vida, assim como o medo, a alegria, o ciúme e muitos outros sentimentos.

Exemplos de ansiedade natural:  quando temos um compromisso importante, uma prova ou um encontro. 

Normalmente, os sintomas se normalizam logo após o evento, não é mesmo?

Para algumas pessoas não.  

Ansiedade patológica

A ansiedade anormal ou patológica ocorre sem nenhum estímulo aparente. É mais fácil descrever os sinais e sintomas pelos quais ela se manifesta.

Todo esse estresse gerado pelo excesso de ansiedade gera uma série de manifestações físicas:

  • Suor excessivo, 
  • Tremores, 
  • Taquicardia
  • Falta de ar
  • Aperto no peito
  • Agitação extrema 
  • Irritabilidade.
  • Alteração do sono
  • Fala entrecortada

Além dessas manifestações, também temos uma ampla variedades de sintomas psicológicos e emocionais

  • Negatividade
  • Pensamentos invasivos: Algumas pessoas experimentam pensamentos suicidas, por exemplo.
  • Estado de alerta constante
  • Medos irracionais
  • Insônia
  • Sintomas depressivos: tristeza, apatia, falta de energia, entre outros.
  • Despersonalização: A sensação de que está fora do corpo.

Normalmente a pessoa com ansiedade patológica costuma ter medo de estar ficando louco, medo das ideias  suicidas e medo de dormir. 

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

Diferença entre ansiedade normal e patológica

A ansiedade tem um motivo aparente - uma prova importante, por exemplo - e passa após o evento? É uma ansiedade normal.

A pessoa tem sintomas de ansiedade contínuos, difíceis de controlar e sem um motivo aparente? Pode ser ansiedade patológica.

 

21_ILUSTRAÇÃO

Quais são os tipos de ansiedade:

  1. Ansiedade generalizada: Estado de ansiedade excessiva onde são afetadas as principais áreas de ação, como vida pessoal, o trabalho e a família. 
  2. Fobias: são mais comuns e fáceis de identificar. Podem iniciar repentinamente com sentimentos incontroláveis de terror e extrema ansiedade. 
  3. Estresse pós traumático: O estresse pós-traumático costuma ser desenvolvido após a pessoa vivenciar uma experiência traumática, como um acidente ou situação de violência.
  4. Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): A pessoa passa a agir com ações repetidas, chamadas compulsivas. O TOC é um transtorno comum, e se caracteriza pela presença de pensamentos e impulsos indesejados
  5. Crises de pânico: Muitas vezes sem razão ou motivo real, a pessoa sente falta de ar, pressão alta, calor, tonturas e vômito.

Como controlar uma crise de ansiedade?

Crises de ansiedade podem ser bastante incapacitantes e prejudicar a vida social e produtividade de uma pessoa. Veja o que fazer durante uma crise e como ajudar alguém que esteja tendo uma crise.

Vídeo da Zenklub, start-up de saúde mental, sobre como lidar com crises de ansiedade

Dica da Amparo Saúde: Autoconhecimento é fundamental para a nossa saúde mental, mas  muitas vezes, temos dificuldade em entender o que estamos sentindo.

Um instrumento bastante útil para reconhecer as nossas emoções e praticar auto conhecimento é o Diário de Emoções. Com ele, você conseguirá analisar aquilo que te faz mal e possíveis gatilhos que desencadeiem a ansiedade.
Clique aqui para baixar gratuitamente o Diário de Emoções que preparamos para você.

Como tratar a ansiedade

Você não precisa sofrer com a ansiedade, existem diversas ações que podem ser feitas para curar ou, pelo menos, aumentar a qualidade de vida da pessoa que sofre do transtorno. No geral, precisamos de uma abordagem multifatorial para tratar a pessoa com ansiedade

  • Psicoterapia: O profissional vai te ajudar a encontrar as causas da ansiedade, assim como, técnicas para diminui-la para ter mais qualidade de vida.
  • Técnicas de relaxamento: Meditação é uma boa alternativa para quem quer diminuir a ansiedade. Deve ser feito com frequência e dentro do seu dia a dia.
  • Atividade física: Fazer exercícios liberam diversos hormônios que geram relaxamento e sensação de bem-estar. Por isso, são muito importantes no tratamento da ansiedade.
  • Acompanhamento profissional: Quando a ansiedade começa a atrapalhar a sua vida pessoal e profissional, não tenha medo de procurar ajuda.

Na Amparo Saúde temos um time de saúde multidisciplinar formado por médicos de família, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas que enxergam o paciente como um todo para encontrar os melhores tratamentos para cada necessidade.

Ansiedade patológica é uma das doenças que mais tratamos na Amparo Saúde. Por isso, temos toda a expertise dos nossos psicólogos para te ajudar seja presencialmente ou por telemedicina.

Está em dúvida sobre quem procurar para ajudar na sua ansiedade? Fale com a Amparo Saúde.

Clique aqui para receber dicas de saúde direto no seu e-mail

Não vá embora ainda! Continue no Blog da Amparo Saúde. Veja outros conteúdos sobre saúde que separamos para você.

Depressão tem tratamento. Saiba mais sobre essa doença. 

Infarto: entenda os sinais que seu corpo dá antes de um ataque cardíaco. Clique aqui.

Teste de gravidez caseiro funciona? Confira essa e outras dúvidas. Clique aqui.

AIDS/HIV: O que é PrEP e porque ela salva milhares de vidas. Clique aqui.

Site oficial Amparo Saúde: https://amparosaude.com.br/